PROGRAMA CAMPO LIMPO - Alunas municipais são premiadas em concurso sobre meio ambiente

Ponta Grossa - Duas alunas da Rede Municipal de Ensino de Ponta Grossa foram premiadas em programa criado para sensibilizar agricultores e a comunidade sobre o destino correto das embalagens de agrotóxicos.

O que era para ser somente um trabalho escolar pedagógico passou a ter um valor ainda mais importante para duas alunas ponta-grossenses. O desenho da aluna Sara Vitória Souza Nascimento, da Escola Municipal Maria Coutin Riesemberg, e a redação de Aillyn Kamilly Soares da Luz, da Escola Municipal Judith Macedo Silveira, valeram para elas um kit com bolsa, tablet e materiais escolares, que vão ajudá-las a se desenvolverem ainda mais. Elas foram premiadas em segundo lugar no Programa Campo Limpo, realizado pela Assocampos – Associação dos Revendedores de Insumos Agropecuários dos Campos Gerais.
A premiação faz parte das comemorações do Dia Nacional do Campo Limpo, que enfatiza o programa de logística reversa do agronegócio em relação à quantidade de embalagens de agrotóxicos utilizadas para controle de pragas da agricultura. O programa de mesmo nome estimula os produtores a devolver corretamente as embalagens para a indústria, impedindo que elas sejam descartadas incorretamente e gerando danos ao meio ambiente. Indo para a reciclagem, ela poderá transformar-se novamente em embalagem.
Dentro do programa de conscientização, a Assocampos realiza, em parceria com as prefeituras, projetos pedagógicos que passam pelo crivo das secretarias de Educação. Nove escolas em Ponta Grossa participaram do Programa Campo Limpo e receberam kits sobre resíduos – não somente da agricultura – para trabalho com os alunos. Para o concurso, o tema do desenho e da redação foi “o papel da família no desafio dos resíduos, destacando a responsabilidade compartilhada”. No ano anterior, o tema fora o papel da escola neste mesmo processo. Ao final do programa são realizados os concursos de desenho e redação.
Segundo a assessora pedagógica Aparecida Castanho, da Secretaria Municipal de Educação, o tema é trabalhado de maneira transversal nas escolas. “O projeto contribui para o trabalho sobre a questão dos resíduos sólidos de maneira geral, para além da agricultura, enfatizando o papel de cada personagem desse projeto, como uma responsabilidade compartilhada”, aponta Aparecida. “Muitas vezes para formar a consciência ambiental, mudar certos valores é difícil. Mas, com a sensibilização pelas crianças, é possível chegar ao adulto. É uma questão cultural. Para os alunos, enquanto escola, temos o dever de formar e sensibilizar estas crianças para que amanhã, a cultura deles seja diferente em relação às gerações atuais e para aquelas que já passaram”, indica a professora.
Segundo o presidente da Assocampos, Luís Fernando Marion, a data é também uma comemoração pelos resultados do programa brasileiro de destinação de embalagens vazias de defensivos agrícolas, considerado uma referência mundial. Segundo o grupo, 94% das embalagens colocadas no mercado recebem a destinação correta. “Isso só existe graças ao envolvimento de cada um dos elos dessa cadeia: agricultores, indústria fabricante, canais de revenda e poder público”, observa o presidente. Este envolvimento está expresso na mensagem da campanha: “Compartilhando responsabilidades, comemorando resultados”, aponta.

 

....................................
Fonte:
Prefeitura de Ponta Grossa
Assessoria de Imprensa


 

 

AS - Editora e Assessoria

InfobNews - Informação Sem Fronteiras

é uma publicação de

AS - Editora e Assessoria

 C.N.P.J.: 20.262.340/0001-06